Less is more | Menos é mais – Teoria aplicada na embalagem

O conceito less is more | menos é mais, é um dos conceitos mais difíceis de ser aplicado, exige uma habilidade, um grau de refinamento e repertório visual que poucos possuem.

Um bom exemplo disso são os trabalhos all type, para as pessoas com menos repertório e cultura visual parece simples, mas quem já teve a oportunidade de fazer experimentos ou trabalhos com esse conceito, sabe o quanto é demorado e cansativo chegar a um resultado satisfatório. Para os que tem um bom repertório e cultura visual é fácil distinguir um trabalho feito com cuidado/refinamento e outro feito nasco*, o engraçado é que se você mostrar um trabalho bem feito para um leigo e depois mostrar um feito nasco* ele praticamente não vai notar as diferenças, mas se você colocar os dois juntos e perguntar, qual ele mais gosta é quase certeza que ele escolherá o trabalho bem feito, mesmo não sabendo o porquê.

Eu defendo que o bom Design de Embalagem é aquele que consegue traduzir o conceito do produto e da marca.

Essa idéia é confirmanda com uma pesquisa, realizada pelo comitê de estudos estratégicos da ABRE (Associação Brasileira de Embalagem) em parceria com a Research International, os consumidores (pessoas) não separam o **produto da embalagem, eles percebem o **produto e a embalagem como uma única entidade.

Um bom exemplo disso, é o novo produto da Haagen Dazs, o Five Ice cream, o conceito é utilizar apenas 5 ingredientes para a fabricação do sorvete que faz, com que o produto tenha muito menos aditivos artificiais, deixando-o mais “natural”, que é uma tendência de consumo.

O Design das embalagens está excelente, como a maioria das embalagens da Haagen Dazs. Ela preserva a arquitetura da marca e com um layout clean e refinado consegue traduzir com excelência o conceito do novo produto além, de fortalecer o Brand Equity da marca.

* Expressão para “nas coxas” que significa ser feito por pessoas não capacitadas ou ser feito de qualquer jeito, sem cuidado.

•• Não se aplica aos produto de linha branca ex: microondas, geladeira, … .

Simplicidade é a complexidade revolvida. “Constatim Brancusi | Escultor Romeno – retirado do livro A cabeça de Steve Jobs”.

Links:

Haagen Daz Five

Springwise

Know or ever

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s